sábado, 13 de agosto de 2011

Quem me dera!

Noites Loucas — Noites Loucas!
Estivesse eu contigo
Noites Loucas seriam
Nosso luxuoso abrigo!

Para Coração em porto —
Ventos — são coisas fúteis —
Bússolas — dispensáveis —
Portulanos — inúteis!

Navegando em pleno Éden —
Ah, o Mar!
Quem dera — esta Noite — em Ti
Ancorar!
               Tradução: Paulo Henriques Britto

2 comentários:

  1. muito bonito seu espaço, Aline, parabéns!

    obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  2. obrigada eu, ragi moana.
    apareça sempre.

    aline

    ResponderExcluir